TEMAS

Tecnologia e sustentabilidade agora andam de mãos dadas

Tecnologia e sustentabilidade agora andam de mãos dadas


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

É possível conciliar inovações tecnológicas com proteção ambiental? Depois de um início não muito promissor, agora também empresas tecnologia eles olham para o mundo verde.

Em um mundo cada vez mais conectado e vinculado à tecnologia, tornou-se normal possuir um smartphone, um computador ou até mesmo um carro inteligente e dispositivos IoT para a casa. Infelizmente, a produção desses dispositivos requer o uso de materiais que são extraídos principalmente em áreas pobres do mundo, causando ainda mais danos ambientais. Além disso, o próprio descarte desses aparelhos, principalmente computadores, ainda não está em sintonia com os tempos e a maioria dos nossos aparelhos, hoje sem uso, vai parar na África. A produção em massa de dispositivos de alta tecnologia e uma demanda crescente por eles certamente contribuíram para piorar a situação.

Nos últimos anos, porém, a situação mudou, levando muitas start-ups e até empresas consolidadas a trabalhar com materiais inovadores ou reciclados para a produção de dispositivos de tecnologia.

Tecnologia e sustentabilidade: alguns exemplos de novos produtos

O exemplo mais famoso é o Fairphone, o primeiro smartphone do comércio justo, que visa melhorar todo o ciclo de produção, desde a extração dos materiais até o envio para a casa do usuário (com a possibilidade de reciclar o seu aparelho com o envio para a empresa). Outro exemplo de como a tecnologia e a sustentabilidade podem se dar bem é o banco de energia movido a energia solar: por meio de pequenos painéis solares, esses dispositivos muito úteis para nossos smartphones são recarregados em um piscar de olhos.

Em vez disso, muitas outras empresas de tecnologia decidiram dizer adeus ao plástico, tanto quanto possível: aqui estão os teclados, pen drives e até mouses em madeira de bambu. Não vamos esquecer os alto-falantes e alto-falantes de bambu elegantes e funcionais! Isso também mostra que os objetos mais comuns, usados ​​no evento ou no escritório, podem ser sustentáveis.

Tecnologia e sustentabilidade: a Internet das coisas e a questão da segurança

O mundo da Internet das Coisas ou IoT, ou objetos inteligentes que compõem uma casa inteligente, também visa não só a eficiência, mas também a economia de energia. Esses dispositivos são ao mesmo tempo verdes e inteligentes, pois podem se conectar ao resto de nossos dispositivos, mesmo via Wi-Fi, mas economizando plástico e consumo. Lembre-se que se você conectar esses dispositivos ao Wi-Fi, também deve proteger suas conexões de possíveis interferências e intrusões de hackers, por meio de ferramentas seguras como VPN para roteadores, por exemplo. Como disse Harold Li, vice-presidente da ExpressVPN, 'nunca foi tão importante [como agora] para quem usa a Internet estar ciente de sua privacidade e das medidas que podem tomar para protegê-la'.

A direção, portanto, parece ter sido traçada. A tecnologia digital, portanto, pensa cada vez mais na sustentabilidade, e é cada vez mais fácil encontrar dispositivos inteligentes que respeitem o meio ambiente ou que nos ajudem a economizar dinheiro em casa. O passo agora é usar essas ferramentas para mudar o próprio setor e torná-lo cada vez mais verde.



Vídeo: A economia verde e o falso dilema entre proteger o planeta e gerar renda. Futurando 050820 (Junho 2022).


Comentários:

  1. Moogulkree

    Do not puzzle over it!

  2. Yaremka

    Incrível! Incrível!

  3. Chevell

    What a cute message

  4. Titus

    Lamento que eu interfira, há uma oferta para seguir de outra maneira.

  5. Douglas

    Na minha opinião você não está certo. Escreva para mim em PM.



Escreve uma mensagem