TEMAS

Dor de ouvido: possíveis causas e soluções

Dor de ouvido: possíveis causas e soluções

O dor de ouvido é uma doença generalizada, que pode ser causada por infecções e inflamação do ouvido externo, médio ou interno, bem como de estruturas adjacentes ao próprio ouvido.

Este é um sintoma comum que pode ser causado por várias doenças.

Em alguns casos, a dor de ouvido NÃO deve ser subestimada, pois pode ser um sinal da necessidade de cuidados médicos urgentes. Em outros casos, felizmente, é possível tratar a dor transitória com remédios caseiros e naturais, como compressas quentes, o uso de analgésicos de venda livre como o ibuprofeno, naproxeno e paracetamol.

As causas da dor de ouvido

Nem sempre é fácil entender quais são os causas de dor de ouvido, considerando que a orelha possui muitas partes, e cada uma delas pode causar dor ou outro desconforto. A dor pode vir de uma ou mais partes da orelha, dependendo da situação clínica de referência.

Por exemplo, as seguintes são causas de dor de ouvido externa:

  • Infecção de pele,
  • queimadura de sol,
  • irritações crônicas da pele, como dermatite atópica,
  • trauma.

Outras causas envolvem o ouvido médio, aquele separado do meato acústico externo pelo tímpano. Esta é tradicionalmente a área onde os nervos envolvidos na audição estão presentes. É um espaço relativamente fechado e a dor é freqüentemente determinada pela ação de qualquer coisa que possa aumentar a pressão naquela área.

O infecções de ouvido médio eles são uma causa comum de otite média, especialmente em crianças, em grande parte determinada por um vírus ou bactéria que invade e infecta o fluido estagnado no ouvido médio.

A otite média grave é caracterizada pela acumulação de fluidos dentro do ouvido médio e geralmente ocorre devido a uma disfunção da tuba auditiva, que é o canal que drena o fluido e equaliza a pressão entre o ouvido médio e a parte posterior da garganta. O aumento da pressão pode causar dor e saciedade, mas geralmente desaparece com o tempo. No entanto, esse líquido também pode infeccionar, causando dor e febre.

Então, existem as causas de dor de ouvido interna, essa é a área adjacente ao ouvido médio. O ouvido interno é o local do sistema de labirinto que envia mensagens ao cérebro para ajudar no equilíbrio. A inflamação do ouvido interno está associada à tontura, mas não necessariamente à dor.

Sintomas de dor de ouvido

Além de sintoma de dor, a dor de ouvido evidentemente depende da causa subjacente. Por exemplo, a inflamação do ouvido externo é acompanhada por sintomas de:

  • Vermelhidão,
  • Inchaço,
  • Temperatura.

Os sintomas de otite externa incluem:

  • Dor,
  • Coceira,
  • Redução da audição,
  • Zumbido auricular.

Os sintomas de otite média (infecção do ouvido médio) incluem:

  • Dor profunda,
  • Redução da audição,
  • Temperatura,
  • Drenagem do ouvido se houver perfuração do tímpano associada,
  • Inflamação do ouvido interno (labirintite, tontura),
  • Vertigo (a sensação da sala ou ambiente que gira),
  • Náusea e vômito,
  • Redução auditiva.

Quando, por outro lado, a dor de ouvido ocorre devido a uma doença ou lesão em uma estrutura adjacente à orelha, os sintomas específicos estarão relacionados a essa estrutura.

Leia também: Infecção de ouvido, tratamento e prevenção

Quando procurar ajuda de um médico

Na maioria dos casos, eles dor de ouvido ele se “cura”, dispensando assistência médica específica.

Por exemplo, adultos com resfriados ou infecções respiratórias superiores podem desenvolver dor de ouvido associada a coriza, outro sintoma comum de um trocadilho. A dor de ouvido deve, portanto, desaparecer com a melhora do resfriado.

As infecções do ouvido médio em crianças costumam ser autolimitadas e não precisam de antibióticos, mas às vezes é difícil determinar se a febre de um recém-nascido é realmente causada por uma infecção no ouvido. Portanto, é razoável entrar em contato com seu pediatra imediatamente para saber se o bebê ou criança precisa ser avaliado.

Existem também outras situações que requerem assistência médica específica.

Pense na dor de ouvido associada a Perda de audição, febre inexplicável e mal-estar geral ou mal-estar geral. A vertigem também requer atenção médica, especialmente se também houver perda de audição e zumbido, porque podem ser sinais de um tumor nervoso chamado neuroma do acústico.

Pessoas com diabetes ou imunocomprometidas apresentam risco de otite externa maligna, uma condição que requer tratamento agressivo com antibióticos. Os sintomas incluem dor de ouvido, febre e vermelhidão ao redor da orelha.

Uma pessoa que se queixa de dor de ouvido, mas que também apresenta febre, dor de cabeça, rigidez de nuca, letargia e pode mostrar sinais de meningite ou encefalite, deve procurar atendimento médico de emergência imediatamente.

Diagnóstico da causa da dor de ouvido?

O médico geralmente é capaz de fazer um primeiro diagnóstico das causas da dor de ouvido simplesmente conversando com o paciente. Em geral, raios-x e outros exames não são necessários.

Para saber mais, naturalmente convidamos você a entrar em contato com o seu médico, evitando subestimar os sinais que podem levar a consequências piores.

Naturalmente, lembre-se que a maioria das situações de dor de ouvido pode ser tratada em casa, com o objetivo de reduzir a inflamação e a sensação de dor.

Pode ser útil manter a área aquecida ou tomar analgésicos sem prescrição médica. Se a dor não passar, ou se a situação piorar, obviamente seria necessário falar com o seu médico de referência, para entender quais podem ser as causas desta situação e proceder, conseqüentemente, à identificação dos remédios mais adequados por ser capaz de encontrar o bem-estar certo.


Vídeo: Dor de ouvido e Otite (Setembro 2021).