TEMAS

Acroyoga: definição, características e exercícios

Acroyoga: definição, características e exercícios

Nas inúmeras disciplinas incluídas no mundo da ioga, cada vez mais seguido por italianos e italianos de todas as idades, recentemente oAcroyoga. O que é isso? Quais são suas características? Poderia realmente ser para você também?

Procuramos saber mais e, por isso mesmo, procuramos partilhar consigo algumas informações úteis: vamos descobrir juntos!

O que é Acroyoga

Vamos começar desde o básico. Ou, o que é Acroyoga?

Resumindo, a Acroyoga pode ser definida como uma mistura de três tradições, como Yoga, Acrobacia e Massagem Tailandesa.

Mais em profundidade, é uma forma de ioga, mas utilizada na sua dimensão mais avançada e profunda, que traz consigo as influências lúdicas, poderosas e técnicas da acrobacia, com a consequência de que há muito mais movimento do que a experiência mais estática da ioga "tradicional". Além disso, há também a contribuição determinada pelas qualidades curativas da massagem.

Claro que, com a filosofia do yoga nele contida, vamos além da simples prática física (como saberão todos aqueles que já praticam uma das várias formas de yoga!).

Onde Acroyoga nasceu

A Acroyoga foi fundada em 2003 nos Estados Unidos por Jenny Sauer-Klein e Jason Nemer, um dançarino e instrutor de ioga.

Daquele momento em diante, Acroyoga gradualmente se espalhou pelo mundo, ainda que nos primeiros anos de vida essa técnica tenha ficado substancialmente relegada aos Estados Unidos, e por isso só chegou à Europa por meio da experiência de alguns instrutores de ioga que acabaram por adotá-la e transportá-la aqui para nós.

O que acontece em uma sessão típica de Acroyoga?

Um típico Sessão Acroyoga começa com uma profunda conexão psicológica consigo mesmo e, em seguida, com outros corpos, por meio da ioga em pares ou trabalho em grupo.

Por isso, passamos por técnicas acrobáticas - como aprender a erguer uns aos outros e ser içado, e o alinhamento necessário para fazê-lo de maneira fácil e segura. Três pessoas trabalham (no mínimo), porque tem uma pessoa que atua como base (o levantador), uma pessoa que é levantada e outra observador que garante que tudo corra bem, dando uma mão, se necessário.

Dito isso, geralmente é comum distinguir dois tipos de prática.

Por um lado, temos o técnica lunar, um estilo mais suave e terapêutico, que acentua o foco na massagem tailandesa e nas práticas de cura. Em suma, existe um "receptor" e um "doador". A base, a doadora, suporta o peso da outra pessoa - movendo-a (para esticar e girar) e massageando-a. O assunto levantado é, portanto, muito passivo nessa prática.

Por outro lado, temos o técnica solar, onde o foco é mais acrobático e empoderador, considerando que ao contrário da técnica lunar, ambas as pessoas são ativas aqui. Portanto, temos uma forma mais dinâmica e mais “espetacular” de ioga acrobática.

Para quem é o Acroyoga?

A acroyoga pode ser feita por qualquer pessoa, principalmente em sua forma mais simples, que é a lunar. No entanto, existem pelo menos dois tipos de pessoas que podem gostar mais dessa abordagem.

Em primeiro lugar, é uma forma lúdica de ioga, que visa quem é novo em ioga e está interessado nesta disciplina de uma maneira diferente. Talvez sejam pessoas que se incomodam com a ideia de que a ioga tradicional é muito séria, ou algo assim, e que gostam de trabalhar com um parceiro.

Não somente. A Acroyoga também pode apelar para quem já faz ioga há algum tempo, mas procura uma nova dimensão ou um desafio para a sua prática diária, procurando os benefícios terapêuticos tanto da massagem como do exercício físico.

Dicas para Acroyoga

Acroyoga é uma técnica que permite que você execute um nova experiência de ioga que, como vimos, pode satisfazer um grande número de pessoas.

Nosso conselho, para quem está se aproximando deste contexto pela primeira vez, é praticar com uma terceira pessoa especialista que possa apoiá-lo de fora e que possa se comunicar bem com os protagonistas dos exercícios.

Lembramos também que durante o vôo terapêutico, os pés da pessoa que servia de base podiam pressionar a virilha. Isto significa que antes de abordar este tipo de técnica ainda é aconselhável falar com o seu médico e em todo o caso evitar fazê-lo se estiver grávida, devido às compressões que pode sofrer.

Para a pessoa que atua como base, é bom lembrar que existem inúmeras tensões na região lombar e, portanto, se você sofre de muita instabilidade na articulação sacral, deverá prestar atenção especial, em qualquer caso primeiro consultando um professor qualificado.

Dito isso, se você está curioso sobre o Acroyoga, tudo o que você precisa fazer é experimentá-lo, sem se deixar levar pelo medo. Você descobrirá uma técnica extremamente divertida e gratificante, com inúmeros benefícios psicofísicos.


Vídeo: Acroyoga basics with Tim Ferriss. Tim Ferriss (Agosto 2021).