TÓPICOS

Melamina: um veneno a evitar na louça

Melamina: um veneno a evitar na louça

A melamina é um composto sintético muito utilizado em louças e alguns móveis por sua praticidade. É conhecido porque os pratos são leves, fáceis de lavar, etc.

Mas sua toxicidade é desconhecida e que está presente em alimentos para pessoas e animais. Mostramos os estudos e o passado sombrio desse veneno.

Informações sobre esse composto sintético e seus danos à saúde são compartilhadas no estudo a seguir.

Melamina na comida

A melamina é um composto químico sintético com a fórmula C3H6N6 e está presente em muitos produtos de consumo na forma de resina de cores vivas com designs marcantes.

Fórmula química da melamina

A melamina contém uma alta porcentagem de nitrogênio e é classificada como um aminoácido (base de proteínas). Devido a essa propriedade, a melamina foi incorporada ao glúten de trigo e produtos lácteos para aumentar seu teor de proteína.

Um caso sério ocorreu na China em 2008, quando esta substância foi ilegalmente incorporada ao leite em pó infantil. As consequências foram insuficiência renal em centenas de milhares de crianças e a morte de dezenas delas.

O veneno foi encontrado na fórmula infantil em concentrações extremamente altas, como 2.563 mg / kg, que excedem em muito a ingestão diária máxima tolerável recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é de 0,2 mg / kg.

Apesar do fato fatal, a melamina continua a ser encontrada nos alimentos na Europa. apenas a concentração permitida foi reduzida, distinguindo entre alimentos para crianças e para adultos.


A melamina é um desregulador endócrino

As evidências científicas sobre os danos causados ​​pela melanina à função renal das crianças são esmagadoras.

Em 2017, a revisão de escopo "Melamina, além do rim: um disruptor endócrino e neurotóxico onipresente?" onde os efeitos tóxicos da substância são detalhados.

A revisão aponta para a melamina como um desregulador endócrino com a capacidade de alterar a fertilidade, o peso corporal e causar danos ao neurodesenvolvimento em pessoas expostas.

Evite produtos com melamina

O uso de produtos melamínicos, como pratos e caixinhas, tornou-se comum nas cantinas escolares por ser um material barato, durável e seguro para lava-louças.

Esses produtos são feitos a partir da condensação de melamina e formaldeído. Estudos conduzidos em 2005 por Lund e Petersen mostram que ambos os compostos contaminam os alimentos.

A contaminação por melamina em louças do dia-a-dia aumenta em altas temperaturas (como no preparo de alimentos ou no microondas) e em contato com ácidos, como o limão.

Alternativas

Uma opção saudável e prática para o uso da baixela infantil são as bandejas, os utensílios e os copos de aço inoxidável: são confortáveis, leves, podem ser lavados na lava-louças e não liberam substâncias tóxicas na alimentação infantil.

Para os adultos, além do aço inox, existem outras opções de materiais saudáveis, como vidro e cerâmica ou argila.

Ecopotal.net

Com informações de: https://www.libresdecontaminanteshormonales.org


Vídeo: Mesa Posta. Compras em Porto Ferreira - SP (Julho 2021).