NOTÍCIA

Chega de impunidade corporativa! Quanto # vale a vida?

Chega de impunidade corporativa! Quanto # vale a vida?

Depoimento da Via Campesina International sobre a tragédia de Brumadinho / MG, Brasil -

Na última sexta-feira, 25 de janeiro de 2019, testemunhamos um grande crime ambiental e social causado por uma das maiores mineradoras do mundo. A barragem “Corrego do Feijão” da empresa Vale S.A rompeu, despejando mais de 14 milhões de m³ de resíduos minerais em toda a região de Brumadinho, em Minas Gerais.

Até agora, foram 58 mortos e cerca de 300 desaparecidos.

A Via Campesina Internacional se solidariza com as famílias atingidas e expressa todo seu apoio à luta organizada dos movimentos sociais, neste triste momento da história brasileira. Apelamos à organização das famílias atingidas para garantir seus direitos e acabar com a impunidade das empresas, que violam direitos e ameaçam a vida da humanidade e dos bens comuns, afirmamos a urgência de que as vítimas sejam ouvidas para constituir tudo o processo de reparo.

Há décadas, como La Via Campesina, denunciamos a impunidade empresarial global e suas ações nos territórios. Em 2015, a Vale também foi responsável pela destruição de toda a bacia do rio Doce e do litoral, fato que permanece em total impunidade. Este fato demonstrou a falta de ação dos estados em seu dever de proteger o povo. Esta tragédia representa também um sistema de destruição e exploração do ser humano e do meio ambiente, da diversidade biológica, que monopoliza terras férteis, em nome do capitalismo selvagem. Os camponeses de La Vía Campesina continuam denunciando as conseqüências deste modelo de exploração e morte.

Instamos o governo brasileiro a dar atenção adequada às vítimas e responsabilizar a empresa e seus administradores por este grave crime. Da mesma forma, convocamos a sociedade brasileira a apoiar a luta dos movimentos populares organizados para que acontecimentos como Mariana e Brumadinho não se repitam na história.

Para entrevistas no Brasil:

Maria Julia Andrade - Movimento pela Soberania Popular na Mineração, MAM: +55 31 85 117 347

Tchenna Maso - Movimento de Atingidos por Barragens, MAB: +55 27 995203101

Fonte: La Via Campesina


Vídeo: Autor da Própria Saúde - 12 Plantas para o tratamento da Labirintite (Agosto 2021).