TÓPICOS

Dez razões para procurar um bom podólogo

Dez razões para procurar um bom podólogo

Desde a madrugada cuidamos do nosso cabelo com o melhor shampoo, da pele com vários cremes, da mente com descanso e estímulos e da nossa saúde com boa alimentação e exercício físico. No entanto, existem partes do corpo humano que sofrem ao longo do dia e das quais nos esquecemos completamente. Os pés, por exemplo, ficam ativos por muitas horas e à noite podemos acusá-los de dores incômodas.

opodólogos Eles abordam essa problemática e propõem todo tipo de cuidados em relação ao resto do nosso corpo, e o fato é que os pés incluem fatores multidisciplinares que esses profissionais devem saber para oferecer um diagnóstico preciso. Portanto, ir à podologia é altamente recomendado e estes são os dez principais motivos para fazê-lo:

  1. Pode mudar sua vida. Muitas pessoas se perguntamo que um podólogo faz E pela desinformação, ele acha que os problemas nos pés se curam por si mesmos. Nada está mais longe da realidade. Andar com o calçado correto e seguir uma série de instruções após o estudo que um profissional realiza de nossa pegada pode evitar desconfortos que poderíamos arrastar por toda a vida se os ignorarmos.
  2. Não se trata apenas dos pés. A postura inadequada de andar normalmente afeta outras partes do corpo, como tornozelos, tendões, joelhos e até os quadris. Todos eles que poderiam ser resolvidos com umvisite o podólogo.
  3. Os preços são muito acessíveis: Na rua existe uma falsa crença de quepreços de podólogossão proibitivos, pois associamos seusinquerir com o de dentista, uma vez que ambos são campos que estão fora do manto da Previdência Social. No entanto, em qualquerCentro médico (https://nbsalutnoubarris.com/) deste tipo, a primeira consulta pode rondar os 30 euros, um valor mais do que aceitável em relação às múltiplas soluções que proporciona e às franquias que concede.
  4. Fatores estéticos: O cuidado com os pés não abrange apenas os aspectos relacionados à saúde, mas também à estética.pedicure, por exemplo, trata do corte e fresagem de pregos, bem como da remoção de calosidades. E é que, quando chega o verão e nossas extremidades inferiores vêem a luz do sol, todos nós queremos que tenham a melhor aparência possível, pois os calosidades são tão feios quanto uma espinha no rosto ou uma mancha na pele do pescoço.
  5. Para aprender a cortar nossas unhas. Pode parecer simples, mas não é. A grande maioria das pessoas corta as unhas dos pés de maneira incorreta porque, em vez de fazer em linha reta e lixar as pontas, se limita a seguir o formato do dedo curvo, o que pode causar infecções ou unhas encravadas. Esse tipo de conselho é conhecido como reeducação das unhas, assunto que todospodólogos profissionais (https://nbsalutnoubarris.com/podologia/) Eles dominam com habilidade.
  6. Tratamento de verrugas. As verrugas plantares são extremamente desconfortáveis, pois estão em uma área onde o suor e o atrito constante com calçados complicam a situação. O podólogo sabe perfeitamente como tratá-los e também eliminá-los, por isso, nesses casos, a consulta é a melhor opção.
  7. Para melhorar calçados: O bem-estar dos nossos pés depende em grande medida do calçado que usamos. Uma pessoa com pés chatos, por exemplo, deve corrigir a postura e o colo o mais rápido possível e para isso será necessário usar calçados adequados e também palmilhas que compensem os déficits no arco da parte interna do pé.
  8. Melhora muscular: Certos exercícios físicos ajudam a fortalecer os músculos e a prevenir lesões que podem agravar-se com a idade. Esta circunstância é especialmente significativa em crianças que têm um andar atípico ou que têm pés chatos, por isso será necessário reforçar músculos específicos para compensar.
  9. Ser capaz de praticar esportes sem medo: Ao fazer exercício físico intenso, especialmente os pés sofrem e, com eles, a parte inferior do tronco do corpo. Portanto, antes de começar a correr, por exemplo, devemos conhecer as deficiências de nossos pés, se houver, para corrigi-las e usar o calçado adequado para isso.

Dedos desviadosTambém conhecido como dedo em martelo ou dedo em garra, é resultado de exercícios físicos intensos, principalmente após uma corrida. Os podólogos podem acabar com você com corretores ou recomendar sapatos e palmilhas específicas para compensar possíveis doenças.


Vídeo: COM MUITO PUS NAILS LOVERS #PODOLOGOMAURELIO #PODOLOGIA   #UNHAENCRAVADA (Agosto 2021).