Star Food

Grão de bico: suas grandes contribuições para a sua saúde

Grão de bico: suas grandes contribuições para a sua saúde

O grão-de-bico se destaca entre as leguminosas tradicionais por sua contribuição em carboidratos de lenta absorção, que fornecem energia.

É um alimento essencial para uma alimentação saudável e equilibrada. Aqui estão algumas de suas muitas propriedades nutricionais:

O grão de bico fornece carboidratos complexos de absorção lenta. São os mais recomendados, pois produzem uma assimilação gradual da glicose. Isso evita o desequilíbrio dos níveis de açúcar no sangue e gera energia constante.

Eles fornecem uma grande quantidade de proteína, mas ao mesmo tempo são muito pobres em gordura saturada, por isso ajudam a regular o colesterol. Combinando grão de bico com cereais (arroz, cuscuz ...) melhora a qualidade de suas proteínas.

Eles fornecem quantidades significativas de fibras, o que melhora o trânsito intestinal e também contribui para uma absorção mais lenta de carboidratos.

O grão-de-bico fornece muitos minerais, especialmente fósforo, ferro e magnésio.

Eles são especialmente ricos em vitaminas B1, B6 e ácido fólico.

Principais indicações

O grão de bico é um alimento indicado para todos os tipos de pessoas, mas em alguns casos o seu consumo é mais conveniente.

Sua contribuição de carboidratos e proteínas o tornam muito adequado para estados de astenia, crianças, adolescentes e pessoas que fazem esforço físico, como atletas.

Devido ao seu alto teor de potássio e à baixa presença de sódio, o grão-de-bico favorece a diurese ou a excreção urinária. Isso é benéfico em casos de hipertensão, pedras nos rins e quando você deseja eliminar o excesso de ácido úrico.

O grão de bico é estomacal, bom para o estômago. Devido à sua riqueza em fibras, também auxilia no funcionamento do intestino, combatendo a prisão de ventre e as parasitas intestinais.

Devido ao seu notável teor de magnésio, fósforo e vitaminas B, necessários ao sistema nervoso e muscular, o grão de bico é adequado para lidar com situações de tensão psicofísica e estresse.

Um clássico renovado

O grão-de-bico oferece muitas possibilidades na cozinha. Como leguminosa, permite a preparação de pratos muito diversos e consistentes, desde ensopados e guisados ​​de inverno até saladas de verão.

Atribui-se ao grão de bico o inconveniente de causar flatulência.

Para evitá-los, depois de cozido, é aconselhável amassar a casca do grão de bico com um espremedor. Outra forma de ajudar na digestão é adicionar um pedaço de alga kombu ou alguma erva com propriedades carminativas como salva, tomilho, coentro, salgado ou cominho à água de cozimento.

Além de cozido, o grão-de-bico também pode ser consumido em grão, em saladas refrescantes, ou ainda assado, na frigideira ou no forno, como aperitivo ou lanche.

O grão de bico é usado para preparar outras receitas deliciosas, como o tradicional húmus ou o patê de grão de bico, muito populares no Oriente Médio.

Falafels, receita popular entre judeus e árabes, são bolinhos fritos feitos de grão de bico, cebola, alho, salsa e coentro.

Daniel Bonet (saúde) e Santi Ávalos (cozinha)


Vídeo: 12 Regras Inesperadas de Etiqueta à Mesa ao Redor do Mundo (Julho 2021).