NOTÍCIA

Alemanha vai proibir o uso de açúcar em bebidas para bebês e crianças pequenas

Alemanha vai proibir o uso de açúcar em bebidas para bebês e crianças pequenas

A partir de 2019, a Alemanha vai proibir o uso de açúcar em bebidas infantis chamadas Kindertee, atualmente destinadas a hidratar bebês e crianças pequenas.

A intenção da ministra alemã da Alimentação, Julia Klöckner, é também promover perante a Comissão Europeia em Bruxelas a proibição de biscoitos doces para crianças e o travamento da publicidade a produtos alimentares que contenham açúcar nos anúncios para menores.

“Há anos fazemos recomendações para a indústria de alimentos, temos todos os tipos de estudos que demonstram os efeitos do açúcar na saúde e respeitamos o princípio da voluntariedade, na verdade esperamos que as empresas reduzam voluntariamente as quantidades de sal, açúcar e gordura que incluem nos alimentos. Mas se não, finalmente teremos que agir. " Klöckner disse.

Juntando-se à iniciativa do ministro para uma alimentação mais saudável, Jens Spahn, ministro da Saúde, sugeriu a regulamentação de sanções e multas para as empresas do setor que não atenderem aos padrões aceitáveis ​​pelo governo.

Acordos com a indústria

Klöckner está otimista, ele pensa “em poder chegar a acordos voluntários com a indústria, mas também é bom que certas condições de produção de alimentos se tornem obrigatórias. Se não houver acordos, a proteção da saúde pública requer ações adicionais ”.

A Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) sabe que quase uma em cada quatro pessoas naquele país é obeso, considerando obesos aqueles que apresentam índice de massa corporal (IMC) superior a 30.

Spahn e Klöckner destacam que em outros países, nos últimos anos, medidas já foram tomadas, como a introdução de impostos sobre produtos alimentícios com alto teor de açúcar e calorias. A Organização Mundial da Saúde recomendou um imposto de 20%.

Na Alemanha, as primeiras medidas serão aplicadas a produtos alimentares destinados a crianças, para tentar conter o problema da obesidade desde cedo. Nos últimos 15 anos, a proporção de adolescentes obesos e com sobrepeso na Alemanha aumentou de 11% para 16%, um número que é alarmante.

Com informações do ABC



Vídeo: DESCOBRI O QUE MINHA BEBÊ TEM. E AGORA? ROSA FILIPOVIC (Junho 2021).